Selic em alta: este é o momento para investir no mercado imobiliário?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

No último dia 16, quarta-feira, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) elevou a taxa Selic, tida como base para os juros no Brasil, ao maior índice desde o início da pandemia. Especialistas apontam oportunidades para quem quer investir na compra de um imóvel financiado.

A elevação da taxa Selic, em geral, ocorre em momentos de alta inflação, tendo como objetivo controlá-la. Isso acontece porque o aumento dos juros faz com que as taxas de financiamento e de concessão de crédito se tornem mais caras, reduzindo o consumo e, consequentemente, o preço dos produtos.

Até o momento, a média dos juros de financiamento de imóveis continua abaixo de 7% ao ano entre os cinco maiores bancos, informa o comparador de crédito Melhortaxa. A Selic, no entanto, seguirá o caminho inverso e parte para uma temporada de altas que poderá chegar a 6,25% até o fim do ano, os bancos tendem aumentar as taxas.

Com este aumento, as instituições absorvem grande parte desse impacto. No mercado imobiliário, isso representa um breve período de estabilidade nos preços que pode ser aproveitada por quem busca um novo imóvel, segundo Diego Senzano, MBA em Gestão e Incorporações de Empreendimentos e sócio-proprietário da Senzano Empreendimentos Imobiliários.

Tendo em vista o IGP-M batendo quase 30% e com o aumento da Selic agora, este momento é favorável às negociações imobiliárias no curto prazo por conta do funding do nosso setor historicamente não ser imediatamente impactado na alta da taxa básica de juros. Porém esse espaço de tempo deve ser curto, e quem aproveitar vai ver um melhor desempenho quanto ao juros na aquisição do seu imóvel”, aponta Diego.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *